sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Voltando pra casa






Numa estrada de barro e estreita, vou em busca do que eu já possuo, as pessoas que amo, pessoas que me fazem falta, a saudade é imensa, parece que três semanas se tornaram em três anos, o tempo não passa, se passa está muito devagar, no momento estou no ônibus, com a bateria do celular qualse acabando, pelo que eu vi terei uma viagens bacana, a poltrona é larga e comprida da pra se joga todo nela, já falei com meio mundo dentro desse ônibus, uma coisa eu sei não ficarei sozinho, estou agora aguardando a pessoa que vai ao meu lado, espero que não veja ninguém pra mim ficar nas duas poltronas, ou que venha uma velhinha que esteja sozinha pra paga tudo pra mim. No entanto tudo corre bem !!

Nenhum comentário:

Postar um comentário